Gary Vaynerchuck 2017 Manifesto

Gary Vaynerchuck Manifesto 2017

Se você é empreendedor, profissional ou entusiasta do marketing, e não conhece Gary Vaynerchuck, você está errado. Nascido na antiga União Soviética, trazido pelos pais aos EUA aos 3 anos de idade, ele começou a empreender desde criança. Ao concluir a faculdade, elevou o faturamento do negócio da família (uma loja de bebidas) de 3M para 60M de dólares em 5 anos, utilizando as ainda recentes plataformas digitais, como o Twitter e o e-mail marketing. Desde então, através de uma atitude agressiva, focada em perceber onde a atenção das pessoas está, ele trilhou uma trajetória de sucesso como empresário e formador de opinião, tornando-se uma das maiores referências (se não a maior) do mundo em empreendedorismo e comunicação.  É sócio-fundador da Vaynermedia, responsável pela comunicação digital de marcas como Budweiser, Dove, Pepsi, Spotify, Quaker e muitas outras, além de ser acionista de empresas como Facebook, Twitter, Tumblr e Uber.

Enfim, há muito a se conhecer sobre esse cara, que eu tenho como meu grande guru. Conheci Gary Vaynerchuck em 2011, quando assisti a uma palestra sua em Las Vegas, e desde então passei a acompanhar cada passo e empreitada sua. E recomendo que você faça o mesmo! Leia seus livros, assista seus vídeos, siga-o em todas as mídias sociais (@GaryVee).

E para dar uma pitada de como funciona a mente desse MONSTRO (termo perfeitamente usado pelo meu amigo Guilherme Machado @quebreasregras), resolvi traduzir o Manifesto que ele gravou para o ano de 2017. Para quem compreende bem o inglês, recomendo que ouça o áudio original (clique aqui), que é muito mais emocionante que o texto transcrito. Gostaria de fazer minhas todas as palavras desse manifesto abaixo:

---------------

"Meu Manifesto para 2017.

Gary VaynerchuckSentado aqui ouvindo minha playlist, eu começo a enxergar com um pouco mais de clareza, começo a entender por que isso é tão difícil. Esse jogo de empreendedorismo. Esse jogo da vida. É porque a verdadeira resposta é encontrada quando você puxa em direções opostas. Sentado aqui, recostado, eu me pergunto: “Por que? Por que eu sou tão abençoado? Por que todas essas coisas boas estão acontecendo?” É porque eu sou uma contradição. Porque eu tenho esse posicionamento engraçado, onde estou puxando de direções opostas. Eu não dou a mínima para o que você pensa sobre mim. Apesar disso, eu leio cada comentário, eu ouço tudo o que vocês falam sobre mim, porque eu ouço. Eu falo pra cacete, eu corto as pessoas, eu estou sempre falando. Mas eu estou ouvindo. Eu ouço 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Eu sou sempre paciente, jogo a longo prazo. Mas sou sempre rápido nas coisas. Todos os dias! Experimentando, testando. Não me torno inválido se preciso parar e recomeçar. E como eu compreendo quando é hora de desistir de algo ou quando é hora de perseverar? Como eu me sinto, como eu compreendo e como decido quando devo ouvir o feedback de alguém ou como perceber quando estão me trollando e não dar a mínima, ou absorver apenas parte do que está sendo dito? Como isso acontece? Como é que eu trabalho 24h por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e não sinto como se estivesse trabalhando? Como é que eu estou sempre, constantemente, disseminando conteúdo e construindo minha marca sem nunca estar pensando nisso, apenas guiando a minha vida? Como é que eu estou sempre documentando, ao invés de estar criando? De onde vêm todos esses resultados? De onde vem todo esse call to action? Por que este plano está funcionando tão bem? E como eu consigo cativar todos vocês, jovens? E quando digo jovens, quero dizer as pessoas de 59 anos que ainda não cresceram, que aprendem sempre maneiras diferentes de ver o mundo.

Tudo parte de uma visão macro. Fica claro quando você consegue enxergar e entender que ninguém dá a mínima. Ninguém liga. E tudo bem, é assim mesmo que deve ser. Eu sou um poço de empatia. Você não deve mesmo dar a mínima, pois tem a você mesmo para se preocupar. Eu compreendo isso. Esse é o jogo, e cada um joga com as suas cartas. Todos vocês têm forças e fraquezas. Temos vantagens e desvantagens. Vai ficar de mimimi por alguns terem privilégios? Então fique. Eu vejo privilégio em ter crescido nas ruas sem nada, e sentindo fome de tantas coisas diferentes. É claro que alguns são melhores que outros em um sentido macro. Mas eu nem gasto tempo pensando nisso. Porque quando eu chegar a alguma conclusão sobre o que é justo, já estarei derrotado. Então, ao invés de perder tempo lamentando, eu ajo, eu ajo, e eu ajo.

E eu estou sempre planejando e não planejando. E eu sempre tenho uma estratégia e um plano de jogo, mas ao mesmo tempo, nunca tenho. Eu estou sempre acertando na mosca por intuição, compreendendo os comportamentos, reconhecendo os padrões, porque eu tenho feito isso desde o início. Quando eu tinha 12, 13, 14, 15 anos, eu sabia, eu fazia e, de alguma maneira, eu me dava bem.
Então, enquanto eu sento aqui, me recosto e olho, penso, debato, e ouço essa música, as coisas vão ficando claras. 2017 pode ser um ótimo ano. Não apenas pra mim, mas pra você. Porque, na medida em que minha visão clareia, eu irei sufocar a negatividade, e irei sufocar as desculpas. Se você vai fazer parte da minha comunidade, irá desistir e partirá, se acreditar nessas duas coisas. Porque eu vou bater, vou empurrar, vou pressionar com muito mais força do que já o fiz antes. Porque a verdade é que eu sou grato por trabalhar para mim 24/7. Minhas metas, minhas ambições. E eu estou trabalhando nas suas metas e suas ambições 24/7 também. Isso é puxar em direções opostas. É isso que eu faço. E nisso que eu sou melhor e mais forte do que qualquer outra pessoa. A Honey Empire*, seus putinhos, construirá o maior edifício de todos os tempos. O maior e melhor negócio de todos os tempos. Como uma maldita tartaruguinha. Uma maldita e lenta tartaruguinha. Despachando carga todos os dias. Subestimada ao longo de todo o percurso. Meus fãs são delirantes? Mas a maioria das pessoas que detêm os mercados não acreditam que eu consiga conquista-los. Porque eles não enxergam comportamentos. Porque eles estão pensando em 2017. Estão pensando em 2019. Estão pensando em 2021. Eu estou pensando na vida inteira. E além!

Então eu digo, verdadeiramente, às pessoas que estão lendo** isso agora, vocês me deram o melhor de todos os presentes. Mantenha seus mestrados, seus Master Minds, seus e-books em seus bolsos, bem pertinho de vocês. Vocês me presentearam com a coisa mais maravilhosa do mundo: a sua atenção e o seu boca-a-boca. Toda a vez que vocês marcam alguém em um comentário no meu Instagram, sempre que vocês compartilham uma história minha no Snapchat, sempre que vocês compartilham um post meu no Facebook, significa o mundo pra mim. Cada tuite significa o mundo pra mim. Significa que vocês estão me colocando pra cima. Vocês estão sendo coautores da minha jornada, e eu serei sempre grato por isso.

Amo vocês. Feliz 2017!

Gary Vaynerchuck"

.

* No segundo semestre de 2016, Gary Vaynerchuck declarou que criará uma empresa de venda de mel chamada Honey Empire. Clique aqui para ver o vídeo.

** Originalmente ele disse "ouvindo, pois o manifesto foi publicado em áudio.